quinta-feira, 6 de março de 2014

RESPEITO E CIDADANIA

A paz está entre tantas verdades e comportamentos a serem ensinados às crianças. Os alunos aprendem sobre o tema ao saberem distinguir entre o bem e o mal, ao exaltarem o valor da vida humana, sua dignidade e direito, ao transformarem os valores da cultura da paz em práticas concretas na vida cotidiana.

Objetivos:

- Favorecer uma consciência renovada de interdependência que une entre si todas as pessoas.

- Aderir aos princípios de liberdade, justiça, solidariedade e tolerância, buscando a compreensão entre todos.

- Oportunizar e dar exemplos as crianças para que sejam protagonistas no processo de fortalecimento e desenvolvimento de uma cultura de paz, passando a elas princípios e valores para a formação de seu caráter.

- Levar a criança a reconhecer que a paz tem que nascer dentro do coração de cada uma, ensinando-as a reconhecer seus direitos e os direitos dos demais, exaltando o valor da vida humana e sua dignidade.

- Educar a criança para a convivência pacifica, entendendo o sentido das normas de conduta e se comportando como bem estar dos demais.

- Praticar a não violência, repelindo-a em qualquer uma de suas formas (física, sexual, psicológica, econômica e social).

Para que a criança aprenda o conceito de paz, algumas atitudes devem ser tomadas dentro da escola e também em casa. Por isso, é importante ter a colaboração dos pais Em primeiro lugar, nunca devemos manter um clima de repressão e punição, mas uma convivência pacifica que implique que a criança entenda o sentido das normas e se comprometa com o bem- estar de todos.




ATITUDES DO PROFESSOR:

• Ensine a criança a agradecer a tudo e a todos, mesmo as pessoas que nos colocam dificuldades e também aquelas que nos dão oportunidades de sermos melhores.

• Oriente a criança a ser pacifica, aprendendo a controlar os impulsos de violência, tendo um verdadeiro sentido de justiça e fazendo-a entender que o homem que vive na violência se autodestrói.

• Oriente para que elas sejam contra a violência, de todas as formas de ofensas entre as pessoas, por meio da educação, do diálogo e da cooperação. Dessa forma, a não violência deve ser prioridade na escola.

• Fale com os alunos da importância de viverem harmonia e ter equilíbrio em todos os atos e ações que praticarem na escola e em seus lares.

• Ajude as crianças a desenvolverem a autoestima, Levando um sentimento bom sobre si mesmas.

• Procure eliminar as causas de conflito na turma, transmitindo amor e respeito nos momentos de tensão e desacordos.

• Converse com as crianças sobre a importância do respeito ao próximo e do perdão, orientando-as a não quererem as coisas só para si.

• Seja imparcial no julgamento, tendo cautela no que dizer.

• Leve as crianças a não terem preconceitos de racismo na sala de aula, ensinando-as que a educação não tem cor.



DICAS DE ATIVIDADES:

A professora deverá convidar todas as crianças para participarem das brincadeiras e dividirem seus brinquedos com as outras, não deixando nenhuma sentir-se sozinha ou excluída pelo grupo:

Artes: Crie painéis que demonstrem situações de paz, para serem desenvolvidos pelas crianças O objetivo da atividade é incentivar os valores humanos e as atitudes pautadas na cultura da paz.

Literatura: Estimule a fantasia e a criatividade oferecendo contos ricos de sabedorias e respeito da paz Por exemplo, conte a e[as a história do Pinóquio — por meio da qual se poderá mostrar a importância de dizer a verdade em qualquer situação. O objetivo do conto é passar mensagem de carinho, amizade e confiança Converse com os alunos sobre a bondade de Gepeto e sobre as lições que o menino de madeira aprendeu ao seguir seu coração.

Ciências: Plante com as crianças uma sementinha e ensine a cuidar dela, cultivando-a em uma horta própria da escola ou em um vaso na sala de aula O objetivo é que busquem a paz na alimentação e o respeito no trato com a terra, com os animais e natureza.

Música: Coloque CDs com músicas para incentivar uma cultura de paz entre todos. Por exemplo: A Paz É a Gente que Faz (Xuxa — Criança Esperança. 2006); A Guerra dos Meninos (Roberto Carlos); Paz na Terra (Roberto Carlos); Pensamentos (Roberto Carlos); Te Ofereço Paz (Valter Pini), Imagine (John Lennon).

Hora do brinquedo: Questione com as crianças sobre “o que é um brinquedo de paz”. Discuta sobre os brinquedos que são agressivos a elas, os jogos violentos etc.  Incentive-as a substituir os brinquedos bélicos pelos educativos Aproveite a ocasião para conversar sobre alguns programas de TV e desenhos que elas assistem, pedindo a elas que retratem as situações de violência e as de paz Faça com elas um plano de modificações de atitudes.


E nunca se esqueçam: as crianças não nascem prontas, precisam ser ensinadas, treinadas e disciplinadas Lembrem-se que vocês são responsáveis pelas suas crianças.


Nenhum comentário:

Postar um comentário